Características

Para este tingimento são aplicados na peça corantes (pigmentos, reativos ou ácidos) em forma de spray com a finalidade de obtermos, como resultado final, um aspeto colorido.

No tingimento final a cor da peça varia em função da aplicação dos corantes em causa.

Preparação da Malha

A malha deve vir com ½ branqueação (preparadas para tingir). Esta não deve possuir produtos de acabamento nem produtos quimicos que isolem a malha. Deve ter-se atenção às peças com estampados. Normalmente as estamparias só levam a termofixar as partes das peças que levam o estampado. Isto irá provocar uma enorme diferença entre a malha
que não foi (a termofixada fica mais amarelada). Para que não hajam problemas, no processo de tingimento, deve-se colocar toda a malha que vai ser introduzida na peça a termofixar juntamente com a malha estampada para que todas as partes da peça fiquem com o mesmo aspeto/preparação. As peças que contêm caxemira e lã devem vir preparadas para tinto em peça, ou seja, devem vir já com o tratamento anti-feltragem (tratamento à base de cloro) para que estas não feltrem durante o tingimento (para que após o tingimento não fiquem "duras”).
As peças com probabilidade de entrelaçamento devem vir confecionadas com as mangas e as aplicações (exemplos: fitas, laços, cintos, etc) presas ao corpo.

Acessórios

Não aconselhamos a utilização de acessórios (fechos, rebites, rendas, bordados, fitas, estampados, colchetes, botões, etc) nas peças submetidas ao processo. No entanto, caso existam acessórios nas peças, todos devem passar sempre por um teste prévio, de forma a aferir a sua resistência e comportamento. Estes devem vir bem protegidos ou isolados. Todos os testes deverão ser efectuados em cargas de produção, por forma a serem reproduzidas o mais aproximadamente possível, às condições a que as peças irão ser sujeitas. As malhas e acessórios terão de ser os mesmos que os usados na produção.

Produção Diária

+/- 1 500 Peças


voltar
Seara.com